Início > 1º ano do EM > 1º ano do EM – A sociologia e o trabalho do sociólogo

1º ano do EM – A sociologia e o trabalho do sociólogo

Senso Comum

Olhar Científico

  • A situação “é porque é” – (fato natural).

Perspectiva acerca do linchamento:

O linchamento é uma agressão a um criminoso;

Linchar é “fazer justiça pelas próprias mãos”.

  • Se um fato ocorre no meio social, possível-mente ele tem caráter social e só poderá ser entendido se entendermos sua relação com o meio social.

Perspectiva acerca do linchamento:

O linchamento é um fenômeno social;

O linchamento é entendido para quem o faz como um bem feito para a sociedade, apesar de ser um crime.

Acerca do estudo sobre linchamento:

Entende-se que o linchamento é uma relação que se dá entre um indivíduo deslocado da sociedade e a sociedade em si. Neste momento, o indivíduo transgressor, o “criminoso”, passa a ser discriminado, porém, para a sociedade agredir o transgressor, deve ser haver uma ação coletiva. De acordo com José de Souza Martins, a referência social frágil da grande parcela da população seria o primeiro passo para se haver o linchamento. Assim, essa mesma sociedade acredita, olhando para o caso do Brasil, que o sistema judiciário não punirá o criminoso como este merece – e não pune mesmo, já que não é essa a sua missão -, seja por um Estado fraco, seja por leis muito frágeis. À partir disso, a sociedade assume a posição do Estado com o intuito de “fazer justiça”. O método de punição é retrógrado, como o que ocorria na Idade Média: violência com o intuito de ferir até a morte, se necessária.

O Estado assumiu a perspectiva dos intelectuais dos séculos do Iluminismo: Deve-se resguardar os direitos individuais dos indivíduos, inclusive o da vida. Para que esses direitos possam coexistir com o sistema punitivo do Estado, este tem que possibilitar que o criminosos volte ao seio da sociedade através de uma sistema que o reabilite. No caso do Brasil e em outros locais do mundo é que entra a contradição: O que alguns grupos da sociedade acreditam como crime e como justiça não precisa estar resguardado pelo Estado.

O Olhar Científico:

Partindo da análise do estudo sobre linchamento, podemos olhar para outros fenômenos sociais: O que é religião? O que é violência? O que é o suicídio?

Dentre os inúmeros fenômenos sociais, os pontos fundamentais no estudo dos casos são a fuga da superficialidade e do imediatismo na busca de uma resposta, além da racionalidade sem preconceitos, uma metodologia neutra, que possibilite atingir uma verdade ou um entendimento do objeto de estudo. Este é o ponto fundamental para uma conclusão muito mais sofisticada que os “achismos” que estão difundidos pelas mídias. Isto que deve ser lembrado em todos os estudos feitos, pois assim é possível manter a busca por outros pontos de vista e chegar a uma conclusão ou ao menos a uma crítica sobre as informações que chegam até nós.

Momento histórico do surgimento da Sociologia:

A Sociologia surge como ciência em um momento em que as grandes transformações sociais – êxodo rural, revolução industrial e crescimento das cidades – fazia parte da realidade de uma grande maioria da população na Europa e EUA. Essa mesma modificação que para as classes dirigentes se mostrava necessário para o desenvolvimento, para a população, de um modo geral, tudo parecia uma grande desorganização que afetava diretamente os parâmetros entendidos como necessários para qualquer sociedade. Dentre algumas mudanças dessa nova realidade está a energia elétrica: Um artigo que hoje é indispensável para a sociedade já foi, há quase dois séculos, uma tecnologia das mais instigantes e avanças. Na cidade, enquanto as velas ainda impossibilitavam que o dia perdurasse por mais que algumas poucas horas após o crepúsculo, a energia elétrica poderia produzir luz artificial nas outras 12 horas que não haveria sol. Assim, as indústrias passavam a ter 24 horas ininterruptas de trabalho humano, que até então estava acostumado a acordar com o nascer do sol e ir dormir pouco tempo depois do sol se pôr. Além dessa mudança, a produção no campo passava acumular nas mãos de poucos produtores de lã todas as grandes terras da Inglaterra – berço da Revolução Industrial -, o que induziu que grandes contingentes humanos se deslocassem para a cidade para trabalhar. Além desse monopólio, outro motivo que levou o êxodo rural foi a busca de maior liberdade que os centros urbanos possibilitavam as pessoas que ainda vivam sob a ótica de um mundo puramente conservador, atrelada a uma moral milenar. Todas essas características revolucionaram a sociedade, para o bem e para o mal. Nessa perspectiva de caos, Augusto Comte pensa em uma ciência que deveria dar conta dessas novas demandas de reorganização social desta nova sociedade ainda entendida como desorganizada.

Mesclando conceitos da Psicologia, Economia, Filosofia da História e Ética, Comte começou a dar os primeiros passos para a constituição de uma ciência autônoma: a Sociologia. Inicialmente, a Sociologia deveria entender os novos fenômenos, e como resposta, explicou que nenhum fenômeno dentro de uma sociedade era natural ou espiritual, advindo de outras esferas que não do meio desta sociedade. Apesar disso, os vários estudiosos que se voltaram aos estudos sociológicos começaram a divergir nos métodos de análise, bem como em algumas conclusões. Cada autor, à partir de um determinado enfoque – econômico (Marx), histórico e causal (Weber), interação e integração entre os indivíduos (Durkheim), entre outros – chega a uma determinada conclusão. Esse é o grande problema dos estudos sobre a sociedade: Ela é muito complexa para simplesmente olharmos como se fosse possível entendê-la em partes e/ou fora de um contexto histórico.

About these ads
Categorias1º ano do EM Tags:
  1. alana lima lopes
    4 de agosto de 2010 às 15:41

    e do terceiro bimestre qual e´o assunto ?????.E qual e´o numero da pagina que vc falou para resumir ???? lá no primeiro F???????

    • 4 de agosto de 2010 às 19:17

      Alana, a intenção não é resumir, mas sim ler os textos do caderno do aluno – no caso de vocês, o texto das páginas 4 a 6 do 3º bimestre para a próxima aula. Além disso, é importante prestar atenção nas aulas e, de acordo com essas duas fontes de informação, elaborar uma pergunta que seja uma dúvida sua.

  2. alana lima lopes
    4 de agosto de 2010 às 15:43

    e ade o terceiro bimestre ????? .E qual a pagina que vc mandou agente responder no primeiro F.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: